UberPool - Respostas para suas dúvidas


UberPOOL chegou hoje para os usuários Uber em São Paulo. R. Eles viram pelo Uber e tentaram fazer igual. Mas há uma diferença grande entre eles sim. Essas plataformas possuem uma camada de tecnologia em cima de um sistema velho, de um sistema público que foi criado há décadas, enquanto Uber é um sistema completamente novo. Uber consegue aumentar ou diminuir preço de acordo com a demanda. Tudo isso faz com que a plataforma seja diferente já que um é público e outro privado. A grande graça do negócio é que você consegue garantir todas essas coisas para usuário usando tecnologia. Quando a regulação de mobilidade urbana foi criada, ela foi pensada também para proteger usuário, para cidadão saber quanto vai pagar. Com um novo modelo você está criando outro jeito do usuário se movimentar pela cidade. Aquilo foi criado lá atrás, por um motivo específico. Esses dois modelos coexistem dentro da cidade. Se você pegar, por exemplo, San Francisco e Nova York, onde serviço do Uber já existe há 5 anos sistema de táxi continua igual.

App Uber chegou no mercado investindo grande, com direito a promoções e brindes a clientes e com certeza seria a maior concorrência direta dos taxistas. serviço ofertado pelos Uber's é de maior comodidade e mais rapidez (se você tem interesse em saber como ser um uber acesse aqui). A diferença entre as duas empresas são as taxas e custos que taxis são obrigados a pagar, que torna serviço mais caro para nós enquanto consumidores finais. assunto foi bastante polêmico no inicio, e hoje ainda existe processos abertos para proibição ou não do serviço.

A sorveteria Caramelos foi criada em 2001 diante da visão de oportunidade de seu proprietário, Cleudo, que identificou que em Boa Vista não havia muitos estabelecimentos do ramo. empresário já tinha experiência em sorveterias, pois possuía um empreendimento em Teresina (PI) e utilizou a mesma estratégia da outra loja para divulgar e comercializar sorvetes e picolés. objetivo era oferecer freezers personalizados para mercados, mercearias e lojas em destaque facilitando, assim, a divulgação da marca.

Entretanto, Laville (1999) afirma que a família, meio ao qual se pertence e as situações marcantes que se vivencia nele e, sobretudo, os meios de comunicação parecem ter mais influência sobre individuo que as narrativas históricas.Utilizando-se do relato de experiências canadense, soviética, alemã e palestinaLaville demonstra a pouca ou quase nenhuma influência do ensino de história na regulação das consciências e no futuro comportamento de estudantes.


Com mais de dez anos de experiência em audiovisual, jornalista Jayme Ribeiro trabalhou como produtor, repórter, apresentador e correspondente internacional, nas principais emissoras de TV do Brasil. Radicado há 3 anos em Nova York, participou da cobertura jornalística de eventos importantes como a reeleição do presidente Barack Obama”, furacão Sandy” e a morte do fundador da Apple” Steve Jobs”. Apaixonado pela Grande Maçã” e especialista na arte de descobrir que há de melhor em Nova York, Jayme adora trocar e dividir experiências sobre a cidade que se reinventa a cada dia. E é isso que ele vai fazer por aqui.

The comments are closed.